Comentário Noite: Grãos em alta na CBOT; Exportações de soja em Junho podem atingir 15 MMT; Calor nos EUA pressiona as áreas de milho

AgResource Brasil – Sugestões de Vendas! AgResource Sugestões de Vendas para Sexta-Feira: 1/ Produtores de Soja: Venda 20% da sua safra de soja de 2023 se os futuros de soja de julho atingirem US$12,64. 2/ Produtores de Soja: Venda 20% da sua safra estimada de 2024 a US$12,48 com base nos futuros de soja de…

Boletim Plus+: A colheita de soja na Argentina está em sua fase final, enquanto o plantio de trigo atingiu 46,3% dos 6,2 M/ha projetados pela Bolsa de Cereais de Buenos Aires

Segundo a Bolsa de Cereais de Buenos Aires (BCBA), a colheita de soja na Argentina está em sua fase final, com um progresso semanal de 3,8 pontos percentuais, alcançando 96% da área adequada em nível nacional. Os trabalhos concentram-se principalmente na área agrícola do norte e no Centro-Leste de Entre Ríos. Por outro lado a…

Comentário Tarde: Milho CBOT em alta devido ao clima seco nos EUA; China mantém procura pela soja dos EUA; Foco do mercado será no clima do Hemisfério Norte

Os futuros da CBOT estão em alta nesta tarde, com a China fazendo novos bids por soja dos EUA, enquanto os traders do mercado à vista relatam baixo peso de teste para o trigo SRW do sul do Meio-Oeste, o que está sendo equilibrado pelo trigo HRW de maior peso de teste em Oklahoma/Texas. O…

Boletim Plus+: Segundo a Bolsa de Comércio de Rosario da Argentina o plantio de trigo para o ciclo 2024/25 tem o potencial de alcançar um recorde histórico

Após a safra de trigo do ano passado, que começou com um dos cenários hídricos mais ajustados dos últimos 15 anos, este ano os solos estão bem carregados em grande parte da área produtiva argentina. A projeção de plantio é comparada com 2021, quando a Argentina alcançou 6,9 milhões de hectares semeados pela primeira vez,…

Comentário Manhã: Futuros da CBOT mistos; China e Europa com problemas climáticos; Novas estimativas de safra da CONAB

Bom dia! Os futuros da CBOT estão mistos, mas principalmente em alta, com os futuros do óleo de soja mais fracos, enquanto os grãos estão mais altos. Os traders estão acompanhando de perto as previsões meteorológicas dos EUA e tentando avaliar o impacto sobre a produtividade. Junho parece ser um dos mais quentes e secos…